Sopa. Sopinha. Pastinacas não sei o que é.

“Não. Eu não quero nenhuma sopinha. Eu detesto sopinha. E nem sei o que tem dentro desta sopinha.”

Captura de ecrã 2016-01-12, às 11.35.51.png

Sopa de cherovias com feijão-verde e amêndoa torrada

Sopa. Sopinha. Esses tais vegetais, leguminosas e coiso, que se manifestam sob a forma de creme, puré ou uma espécie de balde de água com outras cenas verdes dentro. Visto por muitos como um néctar da vida, por outros como a única desculpa para comerem verdura e por outros ainda como uma m*rda que só mata a fome aos pobres. Ah, sopa. Sopinha.

Gostavas de sopa quando eras criança? Claro que não. E lembras-te quando a tua mãe te obrigava a comer sopa para depois poderes comer o resto da comida? Que provavelmente seria bife de peru com batatas fritas? Mesmo sem ela saber, e sem tu saberes, havia uma lógica para isto – é porque a sopinha era mais importante que o bifinho e as batatinhas fritas.

Eu sempre fui um bom garfo. Nunca precisei que a minha velhota me obrigasse a comer. Ela costuma dizer que eu bebia veneno se ela me desse. Agora que penso nisto é um tanto suspeito…

Para 2 amantes de sopa ou 4 meninos mimados:

Ingredientes:

2 Cherovias

½ Aipo (bola)

1 Dente de alho

1 Colher de sopa de Caldo de legumes em pó (orgânico, de preferência)

1 Punhado de tomilho

2 Cups de feijão branco (previamente demolhado)

1 Punhado de feijão-verde

Pimenta preta

Noz moscada

Sal

1 Punhado de amêndoas torradas

Instruções:

Sabes o que são cherovias? Pastinacas? É uma cena que parece uma cenoura branca. Não sabes? Só por causa disso, assim de graça e tudo, vou-te dar um site onde podes encontrar este tipo de informações – www.google.com –, mas vê lá, não andes por aí a espalhar que eu agora estou a oferecer conhecimento assim de mão beijada.

  • Descasca as cherovias com um descascador (ou com aquela tal faca ranhosa se fores maior de 63);
  • Descasca também o aipo. E já sei que descascar isso é um br*che do c*r*lh*;
  • Corta tudo em cubos ou à canzana – não interessa muito, é para triturar tudo depois;
  • Retira as folhas de tomilho dos ramos, uma a uma… és pouco parvo sim. Safa lá essa m*rda! Se tiver pedaços de ramo, lots of flavour my friend;
  • Atira com essa m*rda toda para dentro de uma panela;
  • Junta uma colher de sopa de caldo de legumes em pó e o dente de alho inteiro;

IMG_1112.JPG

  • Se tiveres a utilizar feijão branco demolhado, mas cru, podes juntá-lo já. Se fores como eu e tiveres os feijões já cozidos no congelador, podes juntar mais tarde. Se tiveres feijão em lata, juntas mais tarde também. Se ainda não demolhaste o feijão branco, fecha esta página e deixa-me da mão;
  • Enche a panela com água, um pouco mais do que suficiente para cobrir as cenas todas;
  • Deixa levantar fervura e depois deixa cozer em lume brando, sempre tapado, durante 1 hora;
  • Enquanto isso, corta o teu feijão-verde assim em pedaços finos;

IMG_1113.JPG

  • Junta finalmente o feijão branco e deixa cozer mais 10 minutos;

IMG_1114.JPG

  • Agora chegou à altura de triturares esta bodega toda. Tens várias opções:
  1. Aquela varinha mágica ranhosa que vai deixar a sopa toda cheia de pedaços – o que muitas vezes até dá uma certa piada à sopa;
  2. Triturares a cena num blender, como eu gosto de fazer – aviso-te já que vais precisar de uma taça para onde passar a sopa, porque vais ter de triturar isto em duas ou três vezes;
  3. Se fores uma dona de casa do século XXI, abre aquela porta do armário da cozinha – aquela com a maçaneta toda f*dida –, desvia o púcaro de ferver o leite, aquela cena para fazer fios de ovos e o almofariz de pedra, e algures por aí, deve andar a tua bimby de 1000 euros que não custou 1000 euros porque compraste em promoção. Esta é a tua oportunidade de utilizá-la. Não te esqueças é de lavar antes, para tirar o pó;
  • Quando o teu creme estiver pronto, volta a emborcar para a mesma panela. Se achares que a sopa está muito grossa, junta mais um pouco de água. Agora, faz aquela cena que nunca fazes – prova a m*rda da comida! Tem falta de sal? Então mete mais um pouco. Junta também um pouco de pimenta preta e noz moscada;
  • Junta o feijão-verde, mexe, tapa a panela e mete a cozer em lume brando aí uns 10 minutos;

IMG_1122.JPG

  • Prova uma colher de sopa com pedaços de feijão-verde, para ver se o feijão-verde está cozinhado e se está tudo como manda a lei;
  • Serve a tua sopa numas taças que gostes e “amanda” aí uns amêndoas torradas despedaçadas para cima;
  • ‘Tá safo;

IMG_1124.jpg

Instagram-logo-full-official facebook idc013613.gif youtube_android_app_logo_google_play_screenshot.jpg tumblr-logo.png

Segue-nos nas redes sociais!

E carrega nessas Cenas Verdes!

Captura de ecrã 2016-01-12, às 14.21.43.png

Breakdown Calórico:

(para 2 camaradas; inclui amêndoas)

Azul – 60% Hidratos

Vermelho – 24% Gordura

Verde – 16% Proteína

Ajuda IMENSO se comentares 🙂

 

Deixar uma resposta