Panquecas simples

Levei muitos anos para entender a diferença entre panquecas e crepes. Eu sei que agora panquecas são moda e todo o miúdo de 13 ou 14 anos sabe o que isso é. Mas há 16 ou 17 anos atrás, se eu pedisse panquecas para o pequeno-almoço à minha mãe, ela tinha de ir procurar a receita nas revistas TeleCulinária e provavelmente eu ia acabar por comer pão torrado e galão, de qualquer forma. Isto se eu soubesse o que eram panquecas com 13 anos, porque eu não faço ideia de quando ouvi falar disso. Com 13 anos estava mais preocupado em jogar ao espeta, que na minha terra chama-se espita e jogava-se com uma chave de fendas enferrujada, que também era útil para ameaçar os colegas e roubar-lhes o dinheiro do almoço no intervalo. Panquecas devia de ser coisa de filmes americanos.

Panquecas de Domingo

A última receita de panquecas que publiquei aqui no blogue, já tem mais de 1 ano e, na altura, chamei-as de panquecas de Domingo. Este nome super original, deveu-se ao facto de cá em casa ser hábito de comer panquecas ao Domingo. Mas alguns hábitos mudam e, agora, tornou-se hábito de comer panquecas ao Sábado de manhã. Não que isto faça alguma diferença, mas eu tenho que escrever alguma coisa nas publicações, para ocupar espaço e tal.

Panquecas de Sábado

Não foi por o ritual das panquecas ter passado para Sábado, mas a verdade é que ultimamente tenho feito uma receita de panquecas diferente da que tenho aqui no blogue. Não foi por inspiração, não, foi mesmo porque um dia não tinha os ingredientes que costumava utilizar e descobri que afinal até gosto mais destas panquecas do que das anteriores.

Além disso, esta receita, além de ser mais simples, é também mais saudável, já que as farinhas utilizadas são menos processadas.

Ingredientes:

1/2 Chávena de Farinha de Trigo Sarraceno
1/2 Chávena de Farinha de Aveia (aveia triturada)
1/2 Chávena de Puré de Maçã ou 1 Banana esmagada
1 Chávena de Leite Vegetal
2 Colheres de Sopa de Linhaça Moída
1/2 Colher de Chá de Fermento Químico
1/2 Colher de Chá de Bicarbonato de Sódio
1 Colher de Sopa de Vinagre de Maçã
Baunilha (opcional)
Cardamomo (opcional)
Açafrão-das-índias (opcional)
Canela (opcional)

Instruções:

  • Mistura a linhaça moída com 5 colheres de sopa de água quente e deixa repousar durante 10 minutos;
    • Se a mistura não formar uma gosma ao fim deste tempo, leva-a ao micro-ondas durante uns 15 segundos;

panquecas 1

  • Se quiseres fazer a tua própria farinha de aveia, basta triturar flocos de aveia no processador ou moínho;

panquecas 2

  • Mistura o puré de maçã (ou banana esmagada) com o leite, fermento químico, bicarbonato de sódio e as farinhas;
  • Por fim, junta a mistura de linhaça, o vinagre de maçã e os condimentos, caso queiras utilizá-los;

panquecas 3

  • Cozinha as tuas panquecas, numa frigideira antiaderente, em lume médio;
  • Deixa a frigideira aquecer bem antes de colocares a massa;
  • Deixar cozinhar bem, até deixar de formar bolhinhas, antes de virares;
  • Se a tua frigideira for boa, não vais precisar de utilizar qualquer gordura;
    • Lembra-te que se utilizares gordura, isso vai alterar o perfil nutricional da receita;

panquecas 4

panquecas 5

Segue-nos nas Redes Sociais!

E carrega nessas Cenas Verdes!

panquecas 6

Breakdown Calórico:

(1 Serviço = 1/2 da receita)

Azul – 65% Hidratos

Vermelho – 21% Gordura

Verde – 14% Proteína

Nota:

  • Estes valores são, obviamente, referentes às panquecas, sem toppings;
  • Comer panquecas não engorda mais do que comer bananas, desde que a receita seja a correcta e a escolha dos toppings seja a acertada;

Gostaste da receita?

Ajuda IMENSO se comentares ou partilhares com os teus amigos 🙂

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to top
%d bloggers like this: