Open post

Leite de Soja

A caminho da escola eu sentia a barriga inchada, sentia-me enjoado, sentia-me mal disposto. Fazia uns barulhos estranhos com o nariz, como que a aliviar pressão pelas cavidades nasais. Não consigo explicar bem o som e nem o porquê, mas aquilo aliviava-me um pouco o mau estar. Ainda hoje me alivia.
“Já estás outra vez com esses barulhos? O que é que foi agora?” – ralhava a minha mãe comigo. Porque isto não era um episódio único ou esporádico, isto repetia-se quase todos os dias.
A minha mãe pensava que os meus enjoos matinais eram devidos ao nervosismo de ir para a escola. Eu também pensava, mas não percebia bem porquê. Eu até gostava de ir para a escola.
Fui crescendo e começando a odiar comer logo pela manhã.
Foi bem, mas bem mais tarde, já eu tinha, provavelmente, uns 17 ou 18 anos, quando eu me apercebi que afinal o problema não era o pequeno-almoço, mas o que estava no pequeno-almoço.
Fui asmático durante muitos anos e fiz um gazilhão de testes de alergias, tanto cutâneos como ao sangue. Tanto quanto sei, não tenho qualquer alergia alimentar, a medicamentos ou animais. A única alergia que tenho é ao pó doméstico. Mas a verdade é que era o leite que me arruinava as manhãs.
Pode-se dizer que sou intolerante a lactose… ou então, simplesmente, não sou um bezerro.

Read moreMore Tag
Open post
Brownie 3

Brownie de Maçã

Man, chama o que quiseres à tua comida, à tua roupa, à tua música, ninguém tem nada a ver com isso. Eu vou chamar a este bolo brownie de maçã, porque a textura faz-me lembrar a de um brownie. O blogue é meu, eu chamo-lhe o que bem me apetecer. Agora não me apareças é no teu food truck a vender um vegan burger de grão-de-bico em bolo de caco, acompanhados por um orange juice de laranja do Algarve e chips de batata-doce a 10,50€, porque dar nomes fashion às coisas não chega para cobrar 10€ por uma m*rda que vale 5€!!!

Read moreMore Tag
Open post
aveia 9

Papas de Aveia

Não me lembro ao certo da primeira vez que comi aveia, nem tão pouco de como a preparei, mas lembro-me que não gostei. Tinha uma textura estranha, pouco sabor, era enjoativo e fazia bolo na boca.

É de pequenino que se torce o pepino. E teria sido bem mais fácil se alguém me tivesse ensinado a gostar de aveia mais cedo.

Também não me lembro ao certo de quando é que comecei a gostar de aveia, mas tenho a certeza de que foi preciso alguma força de vontade. Lembro-me de me ter obrigado a comer muita coisa de que não gostava em prol da minha saúde (tanto física como mental). Ter deixado de ser o gajo da esquerda, para passar a ser o gajo da direita no espaço de um ano, pediu alguns sacrifícios. Especialmente para um preguiçoso que nunca tinha feito desporto na vida.

Hoje, nos dias que correm, sou super-fã de aveia. Eu costumo dizer que papas de aveia é o prato mais constante da minha dieta. É muito raro o dia que não como papas de aveia em alguma refeição. Pela manhã, à tarde ou à noite, antes do treino ou depois do treino, papas de aveia é uma daquelas coisas que me deixa feliz.

Read moreMore Tag
Open post

Marmelos Assados

Na Grécia Antiga, o fruto era utilizado para curar várias infecções de estômago e de pele. Era também uma das frutas mais utilizadas como oferenda aos deuses, devido ao ser perfume peculiar. Na verdade eu acho é que a malta provava aquela m*rda crua e depois resolvia oferecer aos deuses – “Hmmmm, mas que belo marmelo, tão cheiroso. F*da-se, mas isto é horrível! Parece que lambi uma tábua cheia de farpas e limpei a língua com uma saca de serrapilheira! Acho que Deméter vai ter uma oferenda esta noite…”

Read moreMore Tag
Open post
Tzatziki 6

Tzatziki

Tzatziki. Um nome espetacular para um pepido ralado a nadar em iogurte. É que até parece que sabes cozinhar, quando apresentas tal iguaria. “Queres ir jantar lá a casa? Faço só o meu tzatziki, até te passas maluco!”. Pois é. Mas não, é mesmo só pepino ralado com iogurte.
É que tzatziki soa a uma espécie de espada lendária do Império Otomano. Algo do tipo – “Bahadir, filho de Behram, ergueu a sua mítica lâmina,Tzatziki, e soltou um rúgido que fez estremecer o califado.” Mas não, é só mesmo pepino ralado com iogurte.
Fora de brincadeiras, eu até gosto muito de tzatziki. É um óptimo complemento para muitas receitas, além de um dip fantástico para comer com pão.
Pepino é um ingrediente aborrecido e sem graça para a maioria das pessoas. E até sou obrigado a concordar. Também não sou um grande fã de pepino na sua forma mais natural, mas é um ingrediente bastante versátil. É muito saboroso e salteados estilo oriental ou em conserva, por exemplo. E, além disso, é o ingrediente principal da nossa receita de hoje. E não é todos os dias que podes chamar a algo de tzatziki.

Read moreMore Tag
Open post

Sopa de Miso

A primeira iguaria japonesa que provei foi, obviamente, sushi. Paguei caro. Na altura não havia rodízios, pois ainda não estava tão na moda como nos dias de hoje. Mas para dizer a verdade, caro ou barato, o sushi sempre me pareceu todo igual. Ainda assim eu era fã. Também gostava muito de guiozas, ramen, frango teriyaki, mochi, miso, entre tantas outras coisas.
Eu sei que sushi vegetariano é uma daquelas receitas que toda a gente procura num blogue. Um dia hei de publicar, acreditem, mas não acho que a minha receita seja assim tão diferente de tantas outras partilhadas por essa internet fora. E também, verdade seja dita, eu não sou nenhum sushi master. É verdade que faço em casa, ocasionalmente, mas é algo com que nunca trabalhei a nível profissional.
Existem muitas receitas japonesas interessantes para partilhar. Muitas delas, como por exemplo mochi, guiozas ou até mesmo quase todas as variedades de sushi, são muito exigentes a nível técnico e requerem horas e horas de prática para obter aquele efeito visual desejado. É por isso que eu escolhi algo bastante fácil, mas muito saboroso para partilhar – sopa miso.

Read moreMore Tag

Posts navigation

1 2 3
Scroll to top